Prefeitura Municipal de Ouro Verde do Oeste

  • Max 19º
  • Min 14º
Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

Notícias

Sexta-feira, 30 de Agosto de 2019

Plano de Metas de Ouro Verde do Oeste é referência na região

Plano de Metas de Ouro Verde do Oeste é referência na região

O Plano de Metas do município de Ouro Verde do Oeste está sendo considerado referência na região oeste do Paraná servindo de modelo para outros municípios. Recentemente, o Coordenador do Programa Cidades Sustentáveis (PCS) de Ouro Verde do Oeste, Jéferson Tiago Pontille, participou de uma Oficina Técnica do programa onde recebeu diversos elogios em relação ao Plano de Metas por parte dos coordenadores regionais do programa e da Itaipu Binacional. O Prefeito de Ouro Verde do Oeste, Aldacir Domingos Pavan, ressalta que o Plano é muito importante para o Município e é um meio de acompanhar os compromissos da Administração Municipal com os munícipes.

 

Segundo o Coordenador Regional do PCS, Matheus Vitor Diniz Gueri, o município é um dos poucos cumprindo a agenda do Programa Cidades Sustentáveis e um dos primeiros a avançar com o Plano de Metas. Informações do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) também relatam que o município foi pioneiro em simplificar o Plano. Poços de Caldas, município de Minas Gerais, citou Ouro Verde do Oeste no seu próprio Plano de Metas como um dos 21 municípios participantes do PCS que possui o Plano.

 

São poucos os municípios do Brasil que possuem este tipo de Plano que é o compromisso da administração com o desenvolvimento da cidade através de ações estratégicas, indicadores e metas quantitativas para cada um dos setores da Administração Pública Municipal. O Plano contempla a realização de programas e ações em conformidade com as diretrizes estabelecidas no Plano de Governo, outros planos, ações estratégicas e demais normas do Plano Diretor do Município.

 

O Plano lançado em 2017 sofreu algumas alterações em 2018 através de Audiência Pública para facilitar sua leitura, pois ele é um documento de livre acesso principalmente para que a população possa acompanhar o andamento das atividades do Executivo Municipal. Além de facilitar a leitura, as alterações também possibilitaram uma mensuração de resultados mais clara e organizada. O próximo passo agora é adequar o Plano com os Eixos do Programa Cidades Sustentáveis e com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).